Inútil!

Daí que minha amiga Lu tava contando dos mil gadgets que ela tem em casa. Ela tem uma máquina de fazer coxinhas, por exemplo. Faz cem coxinhas de uma vez só. E contei a ela de um dos melhores artigos de jornal que li nos últimos tempos. O caderno Vitrine, da Folha de, sei lá, três sábados atrás, fez uma relação das compras mais ineficientes que as pessoas podem fazer. Entre os produtos listados constavam iogurteira, cortador de pelo de nariz, conjuntos de facas e aquela mega poderosa máquina de suco que é um inferno de limpar (a Lu confirmou). Sugeri a ela que escrevesse sobre sua cozinha tecno-psicodélica e me empolguei também: por que não relacionar os acessórios bellydance mais trambolhudos e/ou inúteis que já adquiri nos últimos 13 anos de dança? Quer sabersh? Yallah:

1. Snujs de um furo só.

snujruim

Snujs, quando não se pratica, já são uma tralhinha. Mesmo um turquoise. Um par de objetos que fica guardado, coitado, sem uso. O negócio vira tralha meeesmo é quando se compra aquele par de snujs com som de lata. Siiiim, aquele que só tem um furinho, coitado. Que só serve pra te constranger nos workshops de snujs.

2. Touquinha

toucaruim

Quem, em sã consciência, usa as touquinhas? Claro, elas podem até ter seu charme em algumas performances folclóricas. Mas nunca consegui usar. Tipos, tenho uma. Ocupando espaço em gaveta, claro.

3. Abaya exagerada

abayaruim

Tive uma abaya dourada enoooorme, com capuz e mangas, brilhosa, exuberante. E queeeente. Imagine-se saindo do palco (ou retornando aos exíguos “camarins” – tô tão generosa hoje – dos restaurantes) e vestindo um troço de tecido brilhoso e pesado… aaaaaaaaahhhhhhhhh….. Mo-hy. Eu e algumas alunas nos deparamos com uma abaya de morrer de inveja no último espetáculo. É de uma colega professora. Glamourosa, de veludo e gola de pele. Agora pense em vestir isso depois de dançar por uma hora inteira em restaurante. Ou depois de descer de um palco onde o foco de luz era todinho seu. Gostoso, né? Não.

4. Cd’s da Khan el Khalili e do Tony Mouzayek

cdruim

Antigamente internet não era fonte de música. Só hacker ou gente muito rica baixava música. Conexão discada, sacomé. Daí Tony Mouzayek e os cd’s da KK eram uma constante nas fitinhas da galera. O Tony fazia versões das músicas pop mais legais e tem inclusive gravações maneiríssimas das clássicas (como a onipresente “Exotismo”, que tá naquele cd em cuja capa a Soraia veste a roupa mais unbelievable de todas). Com o maior acesso das pessoas aos originais, ficou difícil usar os cds do Tony. Ou seja, Tony datou, mas era a melhor fonte de muita gente. Só que os cd’s da KK, ao mesmo tempo em que eram bons para aulas (ritmos constantes e tal e coisa), sempre foram insuportáveis de ouvir de dançar. E a gente comprava altos nas bancas. E agora ficam encostados. Porque é difícil jogar fora algumas coisas. Porque a gente se apega, né? E eu sou tipo aquela véia cheia de gatos e tralha pra todo lado. Ê, leiê.

5. 15.000 lenços de quadril

lenço

Não sei por que a gente compra tanto lenço de quadril. Um só basta. Tenho um monte. Compulsiva mesmo. Dei alguns para algumas amigas. O pior é que me arrependi. Só que lenço de quadril, pra mim, que sou uma desorganizada, só serve pra ficar jogado pela casa. Porque a faxineira não sabe onde colocar. E eu deixo tudo largado. Daí na hora de arrumar a sacolinha pra ir dar aula, nunca encontro o que eu quero e me atraso pra aula. Sim, a culpa dos atrasos é todinha do excesso de lenços de quadril. Alguns, coitados, não são usados nunca. Os de moedinha são os piores; as moedinhas cortam a linha, daí, ao usar, espalha aquelas contas todas pelo chão. E pisar nelas dói. Por que não ter apenas, sei lá, oito?

6. Kohl

kohl

Alguém já conseguiu usar isso sem ficar parecendo a Cleópatra de ressaca?

***

Bonus:

Candelabro

candelabro

Não. Nunca tive um. Jamais dancei com um. É tradicional, pois é. Só que pra ter um objeto desses em casa, você precisa ter um armário embutido muito espaçoso. Porque o candelabro é a mãe de todos os trambolhos. Espada a gente enfia no fundo do armário (ou, se a bailarina é uma exibicionista, pendura na parede); pandeiro fica lindo dentro da cristaleira, bastão a gente deixa em qualquer canto. Mas candelabro, baby… candelabro é de amargar.

13 comentários sobre “Inútil!

  1. Tudibão esse post! Amei! Ainda tem aqueles adereços pros pés que sempre machucam debaixo dos dedos. E as luvinhas de mão que engancham e tudo. E as pulseiras de cobra breguííííssimas. Mas os CDs do Tony e da KK estão no topo da minha lista de desprioridades, por cinco encarnações. Beijos.

  2. a menção honrosa do candelabro foi óstima! mas a pessoa pode colocar em cima da mesa de jantar. estranho? bom, se alguém tem coragem de dançar com isso na CABEÇA, qual o problema de exibir com umas flores ao redor? acho dygno.

    beijo!

    Néam?

  3. Adorei a lista. Tenho uma amiga que já usou candelabro como castiçal pra iluminar a mesa quando a luz acabou na hora do jantar… mas não é por isso que deixa de ser um trambolho, né?😉

    Chic!!!!

  4. Meu Deus…

    que post incrível ….não me aguentei de tanto rir…
    tentei lembrar de mais algun ítens belly dance que se encaixam neste perfil, mas acho que vc foi ótima e não faltou nenhum.

    bjs

  5. ahhh….lembrei dos véus de vual e das testeiras estilo princesas…
    sem falar que tive duas roupas com ombreiras ….hahaha

    Kakkkakakahahahaha…. Roupa com ombreira!!! Minha primeira profe usava. Eu já achava esquisitinho. E as mega franjas Elma Bichara, suuuper in na década passada?

  6. eh engraçado , esa historia de candelabro…eh que a gente como professora sente que precisa ter tudo ( e de certa forma nao estou convencida que nao deve ser assim, mas daih…fica uns trem que vc nunca usa no armário. eu tenho um melea pesado que nuuuuuunca usei, tenho candelabro tb que foi passear uma vez soh…eheh e um pandeiro coitado que sei lah…há 10 anos devo ter usado tipo 3 vezes…
    seria legal se tivessemos um banco de utensilio pouquissimos usaveis, eheheh um banco comunitario tipo 3 candelabros para uma cidade como brasilia tah bom demais! ahahahah
    eita nois …sonhando com economia solidária…

    Hahhahahah… Amei a idéia. Bora sugerir pro Singer – o Secretário Nacional de Economia Solidária. Bora democratizar as tranqueiras bellydance

  7. Concordo plenamente com o lance do “juicer”, aquele trambolho é maravilhoso só nas primeiras semanas hehehe.
    Sobre os cds do Tony e KK, bem, Tony continua tentando nos enfiar goela abaixo suas versões medonhas, e não é que consegue?! Tem gente que até paga para dançar ao vivo com ele e não cansa de comprar o “último lançamento”.
    Já a KK, eu adoro esses malditos cdzinhos, acho que os fofos não saem de moda, adoro ouvir e adoro dançar também, ô maldição, acho que sou a única do planeta hehehe.
    A descrição “Cleópatra de ressaca” diz tudo sobre o kohl, eu achava que era incompetência minha, ufa!
    Eu tenho candelabro, paguei caro pra cacete e deixo o coitado jogado no canto de um banheiro sem uso, coberto por um sanito!
    Na minha lista de entulhados, ultimamente, tem estado tudo de dança que não é sapatilha, cd ou dvd, mas o título de campeã da bugigangas inúteis vai para as testeiras assustadoras que enroscam no cabelo, caem, enfiam nos olhos e ainda desbotam.
    Tem dinheiro que a gente enfia… né, não?

    Cara, é mesmo. Testeira. Troço completamente inútil e calorento. Mas é fofinho, né?

  8. Ró, menina, adorei essa lista! Risos!!!
    Como a Elaine, tb curto os cds da Khan, mas o resto da lista tá assim, maravilhosa!
    Bjocas!

    Creeeda. Continuo amando você mesmo assim, Lory!
    ^_^

  9. Muito bom o post! Como já confessei brega há algum tempo atrás nos comentários daqui do blog, assumindo ser adepta da saia mega godê, véu arco-iris e tiara de princesa, agora nao posso me furtar a comentar sobre mais esse meu pecado mortal… eu tenho todos os cd´s do KK… acho que tem alguns que eu nem ouvi…🙂
    Agora, me bateu que eu tenho um par de snujs da Turquoise perdidos em algum lugar da casa.. eita maldade… vou procurar eles pra ensaiar um pouquinho… Beijocas

    Puuutz, Samantha! Faltou a tiara de princesa! Hahahahhhah ^_^
    Beijos mil!!!

  10. kkkkkkkkkkk morri! eu tenho tudo,até a ínfima toquinha,céus!
    adorei o post!
    =]
    ps: e cadÊ coragem pra jogar tudo fora, gente?

    Mas se a gente joga fora, como vai olhar pra trás depois e dizer: “eu amo tranqueiras bellydance”?
    Hahhadhfhahaah

  11. Posso darsh uma dyquynha de organyzação? Existem aqueles saquinhos com uma espécie de fecho-eclair (A-D-O-R-O a palavra!), manja? Aqueles que a gente usa pra congelar comida. Então, coloque cada um dos seus lenços em um saquinho separado. Depois disso, coloque tudo em uma gaveta exclusiva para eles – se não tiver uma gaveta dando sopa, use uma caixa mesmo, ou um cesto, a pia do banheiro, qualquer coisa desde que seja um espaço eshkloosyvo do dos lenços. Se estiver com muito saco, separe em grupos: os de moeda pra um lado, os de canutilho pro outro, por cor, etc. Mas cada um em um saquinho dypherenthy. Eles nunca mais se enroscarão nem arrebentarão quando você tentar puxá-los para fora da gaveta. Depois de usar, volte sempre o lenço pro saquinho com fecho-eclair. Juro que vc nunca mais se atrasará. Beyjos!

    Looosho!!!! Gramúrsh!!!!

  12. Realmente muito engraçado Roberta. Esse post vriou serviço de utilidade para nós alunas. Enquanto vocês professoras se divertem contabilizando e listando os ítens ditos “tranqueiras”, nós alunas corremos para nossa lista de ítens que consideramos úteis e que ainda pretendemos adquirir, e vamos riscando um por um, mediante consulta neste post, é claro. kkkkk

    Depois de ler isso até certas músicas que pensava em dançar estão sendo riscadas da lista “Músicas com as quais ainda vou dançar”. kkkkk

    Beijos!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s