Os vídeos mais influentes

Que a ampliação do acesso à internet e o desenvolvimento deste meio mudou os rumos da dança do ventre brasileira é fato. Basta ter começado a dançar antes do ano 2000 para ter noção da radical alteração (pra melhor) do conhecimento sobre a dança e suas variações. Daí que alguns vídeos acabam virando xodós, coisas que fazem a gente querer estudar mais, melhorar, ou simplesmente manter-se apaixonada pela dança do ventre. Enumero os cinco vídeos mais influentes de minha vida pós-banda-larga:

1. Alexei Riaboshapka

Ok, as puristas reclama que isso é um dabke e não um saidi. Eu vejo a leitura musical perfeita e movimentos sutis e me derreto. Esse é a bailarina que quero ser quando crescer.

2. Saida dançando Tamiil

Pela primeira vez curti verdadeiramente as explosões. Pareceu-me que ela sabia quando se recolher e quando fazer barulho. Acabou sendo o único vídeo dela que de fato admirei até agora, mas me inspirou muito e tirou meu preconceito contra as fusões.

3. Polimnia Garro e o estilo libanês

Poli mostra, nesse vídeo, que libanesa também é sofisticada. Incorporei vários movimentos que me pareciam exagerados depois de vê-los tão bem aplicados. Moça fina inspira muito!

4. Naima Akef dançando Tamra Henna

Comecei a entender ritmo de verdade com esse vídeo.

5. Suheir Zaki – amor à primeira vista

Tudo bem, esse eu vi antes da internet, em fita comprada em São Paulo, do Omar Naboulsi. Mas apaixonei-me logo de cara e tudo me conduziu a olhar com muito cuidado para a arte dessa maravilhosa mulher.

Esse post tem tudo para continuar. O negócio é que ando viciada na fazendinha do Facebook. Alguém quer ser minha vizinha? Uso o Farm Town [imploration mode on].
Anúncios

4 comentários sobre “Os vídeos mais influentes

  1. Que bom que vc apareceu, Margarida!
    Eu não sei se conseguiria enumerar apenas 5 vídeo, mas esse do Alexey estaria na minha lita, sim.
    Delícia total!

  2. Com todo respeito [e reverência] aos demais vídeos, o Alexey tá encabeçando a lista “de cum força”. O cara DANÇA de verdade. Deu até vontade de estar no work dele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s