5 anos de Yallah!

yalla3

Março passou e nem percebi. Que meu bloguinho completou 5 anos.  No dia 1º de março de 2004 escrevi o primeiro post e jamais imaginei que meu blog seria tão longevo. Comecei a escrever como quem não queria nada, meio sem saber a que público me dirigir. No primeiro post, os comentários foram da Paula, da Marcela e da Endora, colegas de lista de discussão. Sim, antes do orkut as bailarinas se engalfinhavam e se informavam via yahoo. Não tinha orkut e os blogs vieram bem depois, tosquinhos como meu antigo blog.

yalla2

Minha intenção era comunicar sei-lá-o-que. Minha paixão. Fui, aos poucos, vendo que poderia me expressar melhor e todo o desenvolvimento da minha comunicação tá lá, registrada. De vez em quando não tinha nada pra falar e postava qualquer coisa. Depois desencanei e passei a postar somente quando alguma coisa realmente me atacava os dedos. Foi a partir daí que conheci outras pessoas interessantes, como a Samara (que na época mantinha o ótimo Diário da Normandia), a Laila, a Maira Gamal, a Aryane, a Samantha, a Samya-Ju, a Lory… tantas meninas inteligentes, espertas e queridas que me fizeram sentir inteligente, esperta e querida.

yalla

Uma pena a ferramenta do uol ser tão tosca; pensei em postar links para os textos que achei marcantes, mas isso não parece ser possível. Teve textos ótimos da Lid (destaque para o texto sobre o meleah e o dente!), listinhas engraçadinhas, fúrias controladas, o início de reflexões que acabaram por me conduzir ao doutorado. Engraçado pensar assim, mas o blog acabou sendo responsabilizado – coitado – pela condução de minha vida profissional. Provavelmente, se eu não tivesse meu blog, ainda estaria pesquisando estudos afro-brasileiros. A participação das leitoras me encorajou a pensar a dança como um objeto de pesquisa legítimo. Agradeço demais, mas demais mesmo a todas as minhas amigas e leitoras.

Já tive a onda de fechar o blog. Voltei atrás por absoluta carência de comunicação sobre a dança. Sabe, isso acontece com as pessoas que realmente se viciam nessa danada. Um apego louco pelas demais moças que se dedicam a essa dança tão simples e a um tempo tão complicada. Simples porque não demanda estudo demais – se não há objetivo de profissionalização, pode-se dançar e se divertir com pouco, sem explorar todo o seu universo técnico -; complexa por se tratar de uma dança marginal em relação às práticas reconhecidas pelo mainstream.

Mas olha só. Tamos aí. Cinco aninhos. E seguindo em frente.

Anúncios

14 comentários sobre “5 anos de Yallah!

  1. só lamento ter conhecido muito tarde, mas ando lendo todos os arquivos, sabia? e continuo gostando!
    obrigada pela força em relação ao meu estúdio… mas acho que só vou conseguir comemorar mesmoooo quando cair o último cheque..rsrs…
    beijo grande!
    PARABÉNS PELOS 5!!

  2. Este é, sem sombra de dúvida, o lugar onde estão os textos mais intelignetes e pertinentes, sobre dança do ventre! Esse é o segredo do sucesso! Parabéns Ro, tim-tim (com a nossa pinguinha programada para não sei quando!)
    beijoca

    Vivi

  3. Me senti honrada em ter sido citada entre as leitoras queridas deste blog!! Seu blog é indispensavel… Realmente ele se tornou um ponto de referência para as raqsas pensantes!! 🙂 Obrigada por compartilhar tanto conosco durante todo esse tempo, parabens pelos 5 anos de blog e meus desejos que ele dure ainda muuuuito tempo! Conte sempre com essa leitora fiel que vos escreve! Beijos 🙂

  4. Parabéns, Roberta!
    São 5 anos de bloguinho como vc disse, mas nós leitoras quem somos presenteadas com cada texto teu que aparece por aqui 😀
    “Referência” devia ser uma tag associada ao seu blog no google… kkkk
    Vida longa ao Yallah!

  5. Oi Roberta.

    Meu nome é Vanessa.

    Vc já tem algum tempo de blog e eu só vim a saber da existencia dele agora, rs. Isso devido a busca de mais informações sobre dança do ventre (sou iniciante). To gostanto muito.

    Parabéns!
    bjo

  6. meusdeuses!!! 5???? com o tanto de conteúdo, parece mais, com o tanto de rugas que eu espero nao ter nunca, eu torcia pra que fossem menos…
    de qualquer forma, um marco a se comemorar, e se ele te deu tantos frutos foi pq foi terra fértil pacas, graças à você. Parabéns por nos informar e aguentar e adotar por tanto tempo. Tim-tim.
    Beijão

  7. Êêê parabéns pelos 5 anos do Yallah! 🙂 Que coisa boa essa internet juntando pessoas que moram na mesma cidade e que têm gostos em comum, né?

    Beijãozão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s